terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Ser e Estar na moda!




Como já dizia a queridissima Coco Channel, a moda é cara, mas o estilo não. E o estilo, minhas amigas, não vem de outro lado sem ser de dentro de nós. Não há nada mais sexy que mulher gostar de si e sentir-se confiante consigo própria. Por isso, provavelmente para algumas, está na hora de mudar de vida!

Deixo-vos algumas das minhas dicas e truques. É verdade que não as faço sempre nem sou essa mulher confiante todos os dias. Todos os meses tenho aqueles dias, que só apetece é sair á rua de pijama ou nem sair, e quem quiser gostar, é bom que goste com o meu pior humor. (Às vezes também é um bom teste para saber quem é que nos atura e gosta de nós mesmo assim, mas não é desses dias que quero falar hoje)

Para podermos estar na moda, primeiro precisamos de ser a moda. E a moda só é moda, porque passa de moda. Por isso somos seres mutantes, e temos que nos reinventar constantemente para nos mantermos atuais, e diria até, vivos. 

É verdade que eu estou desempregada e que não tenho filhos, por isso tempo é uma coisa que não me falta. Mas a minha primeira dica de todas é não usar a falta de tempo como uma desculpa para não nos produzirmos. O dia tem 24 horas, que bem geridas conseguimos ter tempo para tudo. E não devemos ser a nossa ultima prioridade. 

Alimentação e o exercício físico é o primeiro cuidado a ter. Sempre fui "anafadinha", por isso não há ninguém melhor que eu para ter convicção que o peso é só um numero, e isso não muda nada daquilo que somos. É verdade que não, e o importante é nos sentirmos bem connosco. Mas para nos sentirmos bem connosco, convém comer umas comidinhas saudáveis, e poder correr para apanhar um autocarro, sem deitar os pulmões para fora. Quanto á alimentação, também não convem ser extremista e fazer dietas malucas. Comer saudável e quando for para pecar, faze-lo com qualidade!

A pele é o nosso maior orgão. E a não ser que adorem burcas, é impossivel de esconde-lo. Todos os dias está exposto ao olhar e ao toque. Recentemente descobri que o aperto de mão (ou o famoso, bacalhau) é das coisas mais determinantes sobre o perfil de um candidato numa entrevista de emprego. E hoje em dia ninguém quer perder um emprego, por ter as mãos tão secas, que arranham o recursos humanos. Então, há vários cuidados simples que podemos ter, como limpar bem a pele, passar hidratante, tónico na cara, esfoliantes, etc.

Se há um acessório que temos que usar todos os dias, é o cabelo. Há dias que parece que o único remédio para ficar menos rebelde, é rapar. Mas não desesperem. Não acho que seja necessário lavar e secar, e ondular e tudo o que queiram fazer, todos os dias de manha. Até porque ai é que não há mesmo tempo. (Quem tem e gosta, força.) Se o cabelo já tiver mais oleoso, prendam usem chapéus, ousem. Vai ficar bem de certeza. E existe sempre o truque do shampoo seco.

Não vale a pena terem uma Birkin, se têm as unhas estragadas, e com o verniz a descascar. Não combina, e parecendo que não, toda a gente repara. Se não têm tanta paciencia para pintar as unhas frequentemente, usem cores renda, ou nude, ou mesmo transparente. O importante, é estarem cuidadas e limpas.

Outro cartão de visita são os nossos dentes. Te-los sempre arranjadinhos e branquinhos é sempre um ponto positivo a qualquer sorriso. Convém fazer uma consulta de rotina no dentista de 6 em 6 meses. (As dentistas, tomem a liberdade de se promover e tentar arranjar pacientes. E de me corrigir se estiver errada)

E já que falei de sorriso, o meu ultimo requesito para o ser, é sorrir. Ser feliz e positivo. Não há mulher que fique mal a sorrir. 


Agora que já são e respiram moda, está na hora das dicas de como estar!

Em primeiro, limpar os armários. Sempre tive dificuldade em deitar coisas fora, mas já aprendi que há coisas que realmente só fazem pó e ocupam espaço.
Quando o fizerem, vão ter três tipos de roupas. 
1- Usável
2- Reciclavel
3- Caridade
Não se esqueçam que uma roupa barata, torna-se velha. E uma cara, torna-se vintage. Se realmente investiram, reciclem. Façam bainhas, acrescentem pormenores, o que quiserem fazer para dar à peça um ar mais actual.
A roupa que já não querem, dêem para caridade. Assim, fazem um bem e não pesa a consciência.

Depois de gerir aquilo que temos, a minha dica, e lema de vida é que só devemos comprar o que amamos. (Acho que já tinha dito isto ;) )

Eu ao contrario do que muita gente diz, acho que as compras por impulso podem ser as melhores compras. Não é o impulso de "está tão barato que tenho que levar", mas sim aquele impulso de ver e gostar tanto, que não conseguimos sair da loja sem levar o nosso novo melhor amigo.

Em caso de indecisão, NUNCA comprar! Se não temos a certeza é porque não nos faz falta o suficiente, ou porque não morremos de amores. Então, respirem fundo não cedam. Há alguém que vai ficar mais feliz com aquela peça, do que vocês! Se não usarem o que compraram dentro de uma semana, nunca mais vão usar. Corram para a loja e troquem, antes que seja tarde.

Ninguém é obrigado a se querer vestir como a Olivia Palermo. Procurem entender o vosso estilo e serem vocês próprias. A beleza do ser humano está na diversidade.

Entendam a compra de roupa/acessórios, como um investimento. Invistam bem o vosso dinheiro. Que o dinheiro está escasso. Por isso é importante comprar roupa confortável e que nos sentimos bem acima de tudo.

Comprem básicos. São essenciais para poder fazer a ponte com qualquer look. E bem acessorizados, podem ir aonde quiserem, que será sempre um sucesso.

Para além dos básicos, é importante ter peças mais ousadas e diferentes. São elas que vão definir o estilo de cada um.

Para não se confundirem, nem perderem tempo desnecessário, existem as lojas on-line. Podem sempre fazer uma seleção do que procuram quando forem ás lojas.

Mas acima de tudo, não deixem de ir ás lojas, de experimentar, de misturar, mexer e se cansar a bater perna no shopping. Não há nada mais terapêutico que uma mulher num shopping, acreditem!

Lu*

4 comentários:

  1. "Não há nada mais terapêutico que uma mulher num shopping, acreditem!"

    TRUE! :)

    ResponderEliminar
  2. Lindo...à mulher a escrever assim ainda ganhas o Nobel da Literatura!

    Adorei as dicas...tocas-te em pontos muito interessantes e que por vezes na correria do dia a dia não liga-mos e andamos aqui como gatas borralheiras!
    Aiii tenho de me esmerar!lol

    Obrigada pelas dicas...continua! :)*

    ResponderEliminar
  3. Certissimo Lu! Vamos fazer uma aula de spinning amanha?

    ResponderEliminar