quinta-feira, 28 de junho de 2012

Sweet Escape: Cidade Maravilhosa - Rio de Janeiro

Já escrevi aqui no blog, sobre o Rio de Janeiro, mas fiz uma espécie de diário de viagem. Estava muito fresco, porque escrevi no dia depois de voltar.
Mas agora acho que merecem uma coisa melhorzinha e com fotografias!



Bem, em primeiro o mais fácil para se localizar é dividir a cidade por zona norte e zona sul.
Na zona norte, é a cidade grande, os prédios enormes, a catedral, monumentos, lapa, santa teresa.
A zona sul é onde temos as praias, arpoador, copacabana, ipanema, leblon, lagoa... o Rio de Janeiro como nós conhecemos de fotografias.
Há mais coisas, como o cristo redentor que não fica em nenhuma destas zonas e sim a meio da floresta da tijuca, a barra, que fica a sul, mas já é longe, etc.

Mas vamos ao que interessa...

Fui ao Rio no ano passado (2011), pouco tempo antes do CARNAVAU! Decidimos não ir nos dias do carnaval, porque para conhecer a cidade seria um grande caos, para além dos preços serem todos inflacionados nessa época. Mesmo assim, já haviam blocos de samba por toda a cidade. Os blocos, são as baterias das escolas de samba a tocarem nas ruas e as pessoas juntam-se e vão atras a cantar e a dançar, formando um grande arrastão de gente com muita folia.



Mas o nosso principal objectivo era conhecer a cidade, e aproveitar o tempo queeeente do Rio e fazer uma praia bem gostosa.

Pão de Açúcar:
O pão de açúcar, tem uma vista espectacular sobre o Rio de Janeiro, a subida no teleférico é cara, mas vale muuuito a pena. Lá podem fazer rapel do morro a baixo e acho que outros desportos, e podem também andar de helicóptero. Nós não o fizemos porque o percurso era Pão de Açúcar - Maracaná - Cristo Redentor - Pão de Açúcar, o que traduzindo em tempo eram mais ou menos 5 minutos e custavam 200 reais (divisíveis pelas 5 pessoas que o helicóptero levava). Mesmo assim optamos por não ir.








Jardim Botânico:
O jardim botânico é bonito, mas é um jardim botânico. Tem um orquidarium, um roseiral (que estava seco, porque fomos no verão), jardim japonês, avenida das palmeiras, muitos macacos e colibris... é engraçado!





Cristo Redentor:
O senhor cristo tem muito que lhe diga. É muito maior do que eu imaginava (mede 30 metros). Para irmos lá para cima, tivemos que ir num bonde (eléctrico) que demorou mais do que estávamos à espera, até porque o calor parecia que fazia o tempo não andar. Depois, chegamos lá a cima e é WOW... A vista é o angulo oposto do pão de açúcar, e mais panorâmica, porque estamos mais altos de lá.


 (maracaná)

  (lagoa Rodrigo de Freitas)



Catedral:




Arcos da Lapa:


(vistos de cima, dentro do bonde)

Escadaria Seleron:



Bonde Santa Teresa:
A parte má do bonde de Santa Teresa, é que, pelo que sei, já não está em funcionamento. O motivo, foi a morte de 2 pessoas que viajaram penduradas e caíram. Era mesmo bonito, tanto o bonde, como o passeio, como Santa Teresa. Esperemos que eles voltem à actividade.




Mac Niteroi:
É preciso ir de barco ou de carro na ponte que liga o Rio a Niteroi. Mas de carro, normalmente é muito demorado por causa do transito. A exposição do museu, deve ser das piores que já vi. Mas o edifício vale por si só. 



Calçadão de Copacabana:



Ipanema:





Prainha:
A prainha fica longe, mas há um "ónibus" que faz a orla da praia toda, passando pela barra da tijuca e deixa-nos lá. Foi um dia de praia e tanto!

Para finalizar, deixo-vos esta preciosidade. Foi numa exposição temporária no museu do Banco do Brasil, do Escher.



O Rio de Janeiro, foi das melhores cidades que eu já visitei na vida. É realmente a cidade maravilhosa. A cidade que qualquer pessoa deve ir pelo menos uma vez na vida. Aiiii o Rio de Janeiro!

Lu*

2 comentários:

  1. Uauuu...adorei, e simmmm tenho mesmo de visitar a cidade maravilhosa!

    As últimas fotos estão demais!hahaha

    Beijinhos***

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As ultimas são mesmo para aparvalhar. Aquilo era mesmo fixe!

      Eliminar