quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Há dias assim...

Ontem, parecia um bombardeamento de noticias péssimas. Não bastava o nosso querido sr. ministro das financias anunciar ao país que agora estamos um bocadinho mais f#%&/dos que antes, eis senão quando na rtp madeira estão a dar a confirmação da existência da dengue na madeira.

O mosquito (Aedes Aegypti) eu já sabia que existia cá, porque já me tinha cruzado com um menino desses, mas que os residentes na madeira já eram portadores da doença é que não era nada necessário.
Mas a verdade é que agora é um problema existente. E o que fazer? 

a) panicar
b) combater
c) nada

Resposta b!!! Weee... Vamos equipa, o objectivo agora é saber o que fazer em caso de suspeita de dengue, o que fazer para combater o animal, e aprender a viver com isso sem muitos alarmismos.

Então pelo que andei a ouvir durante 1 ano no brasil, já sei umas coisinhas, que vos vou explicar.

Em primeiro lugar, o aspecto do bicho. É um mosquito com as patas listadas, branco e preto, com o corpo ligeiramente avermelhado (deve ser quando tem o papo cheio). As fêmeas são as portadoras da doença e são elas que não nos podem picar. Elas precisam de picar para se alimentar para por ovos. E por falar em ovos, (que é o que não queremos) elas põem os ovos na água, se a água estiver parada, o ovo desenvolve-se sem problemas e o novo mosquito nasce. O mosquito da dengue só voa até 50cm do chão (não sei se aqui eles já se adaptaram e voam mais, mas no brasil é assim, acho que os daqui não são melhores).



Sabendo isto, o que devemos fazer para evitarmos ser picados e para combater a dengue?
Em primeiro lugar, não deixar de maneira nenhuma água parada em casa. Em cantaros (podem encher de areia as bases dos cantaros), poços, poças, lixo (todas as garrafas do lixo devem estar de cabeça para baixo), calhas, todo o bocadinho que a água possa estar parada alguns dias, por mínimo que seja, é de se evitar.
Uma opção mais cara é instalar ares condicionados em casa, para evitar de abrir portas e para tornar o ar mais frio, evitando assim as condições climatéricas ideais para eles.
Podem optar por camas mais altas ou redes mosquiteiras nas camas, especialmente das crianças.
Usar repelente.
Não entrar em pânico, mas todo o cuidado é pouco!



Sintomas da doença:
Febre (com duração de 2 a 7 dias)
dores de cabeça
dores no corpo
dores atras dos olhos
manchas vermelhas no corpo
(e quando a coisa fica feia)
dores fortes e continuas na barriga
vómitos persistentes
sangramento pelo nariz, boca, gengivas
sede excessiva e boca seca.

O que fazer?
Procurar um médico imediatamente
Beber muitos liquidos. (Hidratar-se com soro fisiologico, água ou sumos naturais)
NUNCA TOMAR ASPIRINA
Depois de ir ao médico, muito repouso e muitos liquidos.

Para mais informações podem sempre consultar os sites da dengue do Brasil. Espero que dentro de pouco tempo também hajam estas plataformas para a dengue na madeira, porque podem haver especificidades que tenhamos que saber. Até lá, já sabemos... Todo o cuidado é pouco!

Lu*

2 comentários:

  1. Costumam dizer que um mal nunca vem só...bahhh

    Mas vamos dar cabo deles...raquetes do chinês carregas e prontas para a ação...muito repelente e rezar para não sermos picados por uma maldita mosquita(sim só as fémeas transmitem a doença (?)!

    Boa caça!beijinhos***

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, como em tudo os machos não têm muita importancia! :)

      Eliminar